• Helia W.Rodriguez

Quando Deus toca os pedaços


No dia 5 de Outubro de 2011 o mundo perdeu Steve Job , o fundador da Apple, considerado um dos homens mais brilhantes da atualidade.Ficamos estarrecidos com as imagens do seu físico se tornando débil e o câncer destruindo não apenas o seu corpo e os seus sonhos, mas os sonhos de uma geração consumida pela ânsia da inovação tecnológica.

A dor, o sofrimento, a aflição e o chegar ao fundo do poço, ou ao limite de qualquer possibilidade de sobrevivência, é parte de quem está vivo.Perder um ente querido, sofrer uma enfermidade incurável, ser vítima de acidentes e fatalidades, ser traído, enganado, roubado e etc., são eventos naturalmente inaceitáveis para nós humanos.Perder o emprego, passar por um divórcio, ser dependente de álcool ou drogas, estar endividado e etc, pode levar uma pessoa a perder o seu chão, o seu rumo, esperança e equilíbrio.Outras vezes, a pessoa olha para si mesma e vê então que tudo está fora do lugar, que a sua vida está em pedaços e o caos foi estabelecido, ou seja, ela está quebrada espiritual e emocionalmente e algumas vezes em outras áreas também.

Estar quebrado não é nenhuma novidade.Não importa o nível de sucesso profissional ou ministerial que a pessoa tenha alcançado, não importa a marca da roupa ou a perfeição da maquiagem, tampouco importa o carro que dirige.Não importa quantas pessoas a segue no facebook, instagram ou tweeter.Não importa o nível intelectual ou quanto dinheiro se tem. O fato é que em certos momentos ,olhando com honestidade para o que está debaixo de nossa pele, vemos que o nosso coração está em pedaços e sofremos pois por natureza não gostamos de coisas quebradas, quando algo se quebra em nossa casa procuramos consertar, ou jogar fora.

Homens e mulheres que possuem intimidade com Deus, sem excessão, foram quebrados (no português temos a palavra quebrantado que na origem etimológica, significa quebrado).O Rei Davi, por exemplo,em seu pós-pecado teve o seu coração devastado pelo sofrimento e em vários salmos vemos a sua agonia e desespero .Lemos no Salmo 31:12 : "Sou esquecido por eles como se estivesse morto; sou considerado como um vaso quebrado".

Sempre que paro para pensar nas vezes que fui quebrada e me vi emocionalmente no pó, ou na cinza, logo em seguida me dou conta de como seria terrível se eu não tivesse passado por essas fornalhas.No quebrar da minha alma Deus me fez uma pessoa melhor e menor.Menos arrogante, menos pretensiosa, mais humilde, mais flexível, mais dependente dele e mais interessada nas pessoas.

A bíblia diz: "em pecado me concebeu a minha mãe".Nós já nascemos com os nossos genes contaminados pelo pecado.Quando Eva mordeu o fruto proibido, na verdade ela estava quebrando a nossa inteireza, santidade e perfeita semelhança do Criador. Nascemos quebrados, num mundo quebrado, num sistema político e econômico quebrado e quem sabe, numa família quebrada.Assim, à medida que crescemos vamos criando as nossas "cascas" de sobrevivência, para suportarmos a idéia de que não somos quem deveríamos ser.Essas cascas vão se tornando cada vez mais grossas e sofisticadas, até que um dia Deus, como Pai que nos ama, nos envia à casa do Oleiro (Jeremias 18).E quando chegamos à casa do oleiro temos 2 opções:Nos rendemos ao seu trabalho ou resistimos e nos tornamos ainda mais duros e inflexíveis.

Deus trabalha na contra-cultura e por uma perspectiva diferente.Enquanto para nós, literalmente os piores momentos de nossa existência é quando somos quebrados, para Deus , esse é um momento em que somos abençoados "Bem-aventurados os pobres em espírito, pois deles é o Reino dos Céus.Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados" Mateus 5:3,4. Deus não tem prazer em nosso sofrimentro, mas algumas vezes, para que Ele entre dentro de nós, precisamos ser quebrados.Existe um milagre e um mistério em ser quebrado, pois isso abre os olhos da humildade e nos coloca na posição onde Deus pode trabalhar em nossas vidas e o resultado será a sua glória resplandecendo através de nós.

E o que é importante em ser quebrado? Deus usa para sua glória pessoas e coisas que são perfeitamente quebradas.Ele se agrada desse estado de coração sem rigidez.Foi quando Deus quebrou a força natural de Jacó em Peniel que ele foi trazido para uma posição onde Deus pôde vestí-lo de autoridade.

Foi quando a viúva de Serepta derramou o pote de azeite que Deus fez a multiplicação (2 Reis 4).

Foi quando Jesus quebrou os cinco pães e dois pexes, dividindo-os com os discípulos que houve a multiplicação que alimentou cinco mil homens.(João 6).

Foi quando Maria quebrou o vidro de perfume aos pés de Jesus que toda aquela casa pôde sentir o aroma da adoração.(João 12)

Foi quando Jesus permitiu que o seu próprio corpo fosse esmagado com os espinhos da coroa, os pregos e a lança que a salvação e redenção estancaram da cruz.(Mateus 27).

Existe um milagre, talvez um mistério quando algo se quebra.O mesmo ocorre em nossas vidas.Ser quebrado fora da presença de Deus é extremamente cruel, mas ser quebrado na presença de Deus, trará deleite à Ele e em seguida, à nós mesmos. Ele pessoalmente se posiciona ao lado de quem está quebrado." Perto está o SENHOR dos que têm o coração quebrantado, e salva os de espírito abatido".Salmos 34:18

Deus nos ama e nos deseja tanto a ponto de permitir situações em nossas vidas para gritarmos por Ele.Ele deseja nos salvar, lavar os nossos pecados, curar as nossas feridas, e nos conduzir a uma vida abundante em sua presença.E somente quando somos inteiramente quebrados é que entendemos que necessitamos um salvador e nos jogamos aos seus pés.Quando estamos na cinza, não procuramos empurrar os nossos pecados para debaixo do tapete, mas nos arrependemos rapidamente e corremos para a presença dele.

Quando Deus toca os nossos pedaços, Ele transforma a dor em alegria, o lamento em baile, o desespero em fé, o medo em confiança.Ele modifica a terra deserta do coração em um jardim regado onde Ele passa habitar.Ele faz o solitário viver em família.Tira o necessitado do monturo e o faz habitar com os seus príncipes.Ele restaura a nossa sorte nos dando destino.

Quebrantamento produz humildade.Enquanto nosso orgulho não se quebra não nos humilhamos diante de Deus e das pessoas.Quando crescemos no relacionamento com Ele, também crescemos em humildade e quebrantamento, nos tornando mais parecidos com Cristo que traz as cicatrizes de quando foi esmagado na cruz recebendo a condenação que pertencia à nós.

E quando nos encontrarmos na cinza, é importante termos cuidado com o pecado da auto-comiseração. Ter pena de nós mesmos é reflexo do nosso orgulho.E quando chorarmos, choremos primeiramente na presença do único que é poderoso para reconstruir a nossa vida de uma maneira tão perfeita que não mais caminharemos em nossa própria força ou habilidade, mas na força, sabedoria e graça dEle.

Segura firme! O Oleiro está no controle e muito em breve você experimentará o mais profundo e mais doce amor como você jamais imaginou.E a sua vida nunca mais será a mesma.

Deixe o seu comentário e compartilhe.Obrigada.Helia

419 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo